quarta-feira, 21 de março de 2018

Dysnomia: explicando o significado de ‘Anagnorisis’


Já está se tornando tradição do DYSNOMIA de nos oferecer trabalhos extremamente complexos e profundos não apenas musicalmente, mas também em suas letras.

Assim como em seu primeiro álbum, ‘Proselyte’, a banda mescla em suas letras mitologia, filosofia e claro, seu ponto de vista, criando temas sempre muito profundos e repletos de alegorias. Com o recém-lançado ‘Anagnorisis’ não é diferente, a começar pelo título. Deixemos que o DYSNOMIA nos explique esse nome:

“O título do álbum remete à literatura, mais especificamente às tragédias gregas. O termo Anagnorisis se refere a uma súbita descoberta por parte do protagonista, descoberta essa que geralmente diz respeito à sua própria identidade ou a um segredo terrível de seu passado. Um exemplo clássico encontra-se justamente em um texto que serviu de inspiração para a letra da faixa-título, no caso, a tragédia “Édipo rei” de Sófocles. Trata-se do momento em que Édipo descobre o parricídio e o incesto cometidos por ele. A revelação é tão chocante que o leva a arrancar os próprios olhos, em um momento de loucura. E quem nunca se deparou com uma realidade assustadora ao mirar o próprio rosto no espelho? Ou ao examinar os recônditos mais profundos da própria alma? É essa ponte entre a ficção e a realidade que norteia o conceito do título do álbum.”

Para “entender” um pouco mais dessa viagem sempre complexa do grupo, recentemente um lyric video para a faixa ‘The Fall of Phaethon’ foi lançando. A música traz uma versão da história de Faetonte, filho de Hélio, o deus grego que representa o sol. Hélio, interpelado pelo filho, dispõe-se a dar-lhe uma prova de sua paternidade por meio de um juramento solene, e, portanto, inquebrável. O jovem o surpreende com um pedido perigoso: o de ser, por um dia, o condutor da carruagem solar, cujo único mestre era o próprio Hélio. O pai, aturdido e pesaroso, tenta dissuadir o filho, pois tal empreitada seria mortal. Porém, diante da insistência do mesmo, acaba por dar-lhe o aval. Quase imediatamente após a partida, Faetonte perde o controle dos cavalos, que, ao não reconhecerem o mestre puxando as rédeas, tornam-se arredios, fustigando a terra e os céus com as chamas solares. A história termina tragicamente: Zeus interfere e, com um raio, fulmina Faetonte, cuja audácia acaba sendo, também, sua ruína. Assista:


Para mergulhar completamente no mundo do DYSNOMIA é possível comprar o álbum para acompanhar todas as letras. Ele e todo o merchandise oficial pode ser comprado diretamente com a banda por e-mail, Facebook ou pelo link:



Sites relacionados:

Fonte: Metal Media

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...