quinta-feira, 20 de abril de 2017

Revanger: vocalista comenta o conceito do novo álbum ‘Be Quiet’

 
As inspirações em temas que abordam assuntos sobre as loucuras e insanidades do homem perante a sociedade são os principais, que a banda Revanger, irá abordar em seu novo trabalho de estúdio, o segundo da carreira, Be Quiet.
O vocalista e principal letrista da banda, Patrick Raniery, comentou sobre a temática que querem apresentar ao público nesse novo trabalho, ficando evidente que as idéias são atemporais e possuem uma conotação muito objetiva com a realidade. Na música de abertura do álbum e que carrega o nome do disco, “Be Quiet”, o músico ressalta o seguinte: “Sabe, esse corre-corre do dia-a-dia, família, trabalho, compromissos intermináveis, etc, então o cara chega no seu limite e começa a surtar, e, se fecha naquele seu mundo, absorvendo tudo até que ele explode em acessos de pânico, e sem saber o que fazer, acaba cometendo coisas que não faria em sã consciência - uma questão psiquiátrica mesmo.”


Sobre o conceito geral, Patrick, deixa claro que a idéia central, é retratar a loucura: “O conceito básico do álbum é sobre a loucura,
stress, ansiedade e sobre esses males que afetam o ser humano hoje em dia e que culmina nesse estágio de irracionalidade.”
“Tem uma parte mais Metal clássico, digamos assim, mas mesmo que indiretamente fazem parte desse conceito numa visão mais ampla da coisa”

Além de revelar detalhes de todo o processo criativo, foi revelado que dentro desse conceito criado, as conseqüências sempre são as piores possíveis, inclusive, ressalta os males que podem ser causado pela da loucura: “Com a loucura já instaurada, vem todo o processo de degradação mental do indivíduo, alucinações, esquizofrenia, psicose e até a perda de controle total da sanidade e os resultados disso tudo, como: tratar mal as pessoas, por em dúvida a opinião dos outros, necessidade de poder (ganância), a questão religiosa também através das guerras santas desde as cruzadas até o Estado Islâmico, assassinato e o questionamento da própria existência, culminando com o suicídio”
 O álbum está muito próximo de seu lançamento, sendo inclusive já informado que todo o processo de produção foi finalizado e a banda aguarda apenas a prensagem do material físico, para venda e distribuição.

Formação:
VOCAL: PATRICK RANIERY
GUITARRA: DIEGO MIRANDA
GUITARRA: DIEGO SAMPAIO
BAIXO: RODRIGO FONTES
BATERIA: ELISON DUARTE

Mais informações:

Fonte: Roadie Metal
Adaptação Vitor Sobreira 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...