quarta-feira, 22 de junho de 2016

Entrevista: Marcelo Mictian fala sobre a nova banda, Affront



AFFRONT banda de thrash/Death metal do Rio de Janeiro, formada em abril de 2016 por M.Mictian (baixista da banda de black metal UNEARTHLY). O AFFRONT prática um thrash/Death metal rápido e agressivo. Quie conta também com R.Rassan (guitarrista do Unearthly) & Jedy Najay (bateria)no momento a banda segue produzindo seu primeiro álbum. Line up: M.Mictian ( baixo & vocals) R.Rassan ( guitarra) Jedy Najay.
 
FMBR: Como surgiu a ideia de criar a banda, e porque decidiram criá-la?

M.Mictian: Somos músicos e nosso proposito é sempre tocar, gravar,se apresentar,esse é nosso objetivo sempre, é o que gostamos de fazer o que nos impulsiona na vida. 


FMBR: Nós sabemos que ter uma banda de metal extremo no Brasil é muito difícil, porque, mesmo assim fazer um novo projeto?

M.Mictian: Nossa antiga banda está parada por motivos de saúde do vocalista, então eu decidi não ficar parado e já tinha esse projeto na cabeça então resolvi fazê-lo sair do papel e se tornar real. 


FMBR: O Affront se assemelha com o Unearthly? Se há semelhanças, quais são elas?

M.Mictian: Nenhuma, não tem nada haver uma banda com a outra são canções muito diferentes o que há de igual é somente eu que toco baixo no Unearthly e R.Rassan que também toca guitarra no Unearthly, essas são as únicas semelhanças, o Affront é uma banda com canções na linha Thrash/Death metal já o Unearthly Black Metal. 


FMBR: Quais são os próximos passos da banda?
 
M.Mictian: Além da gravação do primeiro álbum o qual
estamos terminando, já gravamos um vídeo clipe que sairá em breve, depois disso, é começar a fazer shows cair na estrada e talvez Europa no próximo ano.


FMBR: Quais são os segmentos que influenciaram e influenciam o som do Affront?

M.Mictian: O que nos influencia é o metal em geral,é o que gostamos de ouvir, musica pesada, criticas sociais, politica, essa vida miserável... Enfim além de boas bandas como Sepultura, Napalm Death, Kreator, Fight, o thrash metal e o Death metal acredito que seja o que nos influencia no Affront.


FMBR: As músicas são os integrantes que compõe?

M.Mictian: Sim, não compramos musicas de ninguém (risos), na verdade eu componho as músicas e as letras, o R.Rassan fica a cargo de construir todos os arranjos.


FMBR: O que vocês acham sobre a venda de músicas online e como se sentem em relação a downloads ilegais? Vocês acham que isso é um ponto positivo ou negativo principalmente para bandas novas?

M.Mictian: Acho que quase tudo nesse mundo é como uma “faca de dois gumes”, se for bem conduzindo se torna uma coisa benéfica o problema é que depois de algumas décadas parece que a molecada só prefere “baixar” as músicas a ter o material físico na mão, perderam um pouco a sensação de ter algo real nas suas prateleiras, fica impressão que o mais importante é o mp3 baixado, aquele romantismo de poder sentir nas suas próprias mãos a sua música predileta está sumindo,infelizmente.
 

FMBR: Quais são os planos para um futuro próximo do Affront em relação a shows, turnês, festivais, material?

M.Mictian: A nossa ideia é sempre estar em um palco, estamos nos preparando pra isso após lançarmos o CD, e iremos para estrada onde é nosso lugar, já estamos agilizando as datas esperamos fazer muitos shows, mesmo sabendo que no Brasil a coisa é bem difícil e trabalhar com suporte, mas vamos em frente.


FMBR: Muito obrigada por participar da Força Metal BR e fique a vontade para deixar um recado para os fãs do trabalho de vocês:

M.Mictian: Obrigado pelo espaço, queremos todos os fãs de Thrash metal na estrada, “TAMU JUNTU”

Por: Laíse Moreira S.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...